Arquivo do Autor: Mundo Fashion

Cosméticos Orgânicos, Naturais ou Sintéticos

Cosmético são produtos usados para melhorar nossa beleza. Podem ser relacionados com a limpeza e manutenção do corpo também, mas seu conceito mais prático é beleza mesmo. São os shampoos, condicionadores, maquiagem, creme depilador, dentre outros. A gama de produtos é tão grande que é raríssimo alguém afirmar não um item desse em casa.

Mas cosméticos não são todos iguais. Existem no mercado três tipos: orgânicos, naturais e sintéticos. Os três são amplamente vendidos e merecem consideração na hora da compra, pois possuem diferenciais importantes. Cada um tem uma particularidade que pode diferenciar na saúde de sua pele, mas todos são úteis quando o ponto a ser levado em consideração é cuidar da beleza.

 

Cosméticos Sintéticos

Os cosméticos sintéticos representam a maior parte da fatia do mercado de produtos de beleza. O nome deixa um pouco claro o seu diferencial: são totalmente produzidos em laboratório. Todas as substâncias usadas são de produção por cientistas, com seus devidos estudos e testes para poder chegar até o consumidor final.

O diferencial dos sintéticos é que substâncias são criadas e testadas para agir com uma certa finalidade. As substâncias criadas tem o propósito de agir especificamente em um determinado problema da estética, por isso são consideradas mais precisas. Os diversos testes garantem os resultados.

A desvantagem mais apontada é também seu diferencial: tudo é sintético, ou seja, todos os itens usados na composição são frutos de laboratórios. Diversos estudiosos defendem o não uso de itens sintéticos porque não são substratos da natureza, e por isso em algum ponto podem fazer mal. 

Outra desvantagem dos itens para beleza sintéticos são seus compostos e alguns danos possíveis. Muitas tinturas usam chumbo, nocivo para o fígado. Há ainda o petróleo, aumentando a oleosidade da pele e cabelo, causando espinhas e caspa, respectivamente.

Mas há uma vantagem: o preço. Os itens que usam produtos sintéticos acabam sendo mais barato porque são produzidos em larga escala. Com a venda em grande quantidade, cai o preço por unidade e o consumidor final paga menos. 

Há ainda outra vantagem importante: cosméticos sintéticos costumam agir mais rapidamente em uso tópico. Há diversos potenciadores incluídos nas fórmulas capazes de fazer uma cápsula de ômega 3 agir muito mais rápido do que se este produto viesse de fonte natural. Também costumam ter validade maior, pois há conservantes incluídos.

Exemplos de cosméticos sintéticos: maquiagem Vult, produtos para cabelo L´oreal, produtos para cabelo Palmolive, dentre outros comuns em supermercados e drogarias.

Cosméticos Orgânicos

Em contrapartida aos sintéticos temos os cosméticos orgânicos, produzidos de forma natural em todos os sentidos. A proposta de tais produtos é não agredir ao meio ambiente,, por isso todos os itens envolvidos no processo de produção são naturais, como embalagem, conservação e fabricação do próprio item de consumo. 

Funciona de forma simples. Um creme para cabelo a base de frutas tropicais terá de fato frutas e estas serão retiradas da natureza, sem agrotóxicos ou qualquer item que possa deixar a fruta maior para render mais e gerar mais cremes.

A desvantagem do produto é que ele se torna mais caro ao consumidor final, pois sua produção é também mais cara. Como não tem itens sintéticos em sua composição, a produção acaba sendo em menor quantidade e por isso o produto precisa ser mais caro para suprir a necessidade do mercado. A boa e velha lei da oferta e procura.

Há diversas vantagens no uso deste tipo de cosmético. Uma delas é a menor chance de reações alérgicas, pois são itens completamente naturais. O corpo costuma rejeitar itens sintéticos com grande facilidade e aceitar melhor os produtos da própria natureza. Outra é que são itens que não agridem ao meio ambiente. Um bom exemplo é que a maior parte deles usa embalagens recicladas.

Exemplos de cosméticos orgânicos: produtos da marca Ivoke, da Cativa natureza e linha Natura Organics.

Cosméticos Naturais

São uma mistura dos dois acima: cerca de 70% da produção é natural e o restante sintético, com produção em laboratório. São mais aceitos no mercado que os sintéticos porque há um item natural em uso e são considerados por isso mais seguros.

Uma das vantagens dos produtos naturais é seu custo: mais baixo que o orgânico mas é uma melhor alternativa aos produtos sintéticos. Também diminui as chances de rejeição pela pele, mas esta ainda é possível porque na sua fórmula ainda há componentes sintéticos.

Os especialistas comentam que os cosméticos naturais costumam ter uma ação mais rápida e duradoura que os orgânicos e até mesmo os sintéticos por terem uma combinação dos dois itens. Costumam também apresentar os resultados de forma mais aparente, e não tão gradual como os orgânicos.

Em tais itens ainda fica o risco de alergia, pois há itens sintéticos na sua composição. Eles também costumam durar mais, pois a maior parte dos fabricantes usa conservantes sintéticos que conseguem prolongar a durabilidade do produto por um longo tempo.

Exemplos de cosméticos naturais: produtos da marca Sachi, da Weleda e a conhecidíssima Aroma da Terra.

Você Sabia?

Os brasileiros amam cosméticos! Somos um dos maiores consumidores do mundo da indústria, somando mais de R$ 34 bilhões anuais para o setor. Os maiores consumidores ainda são as classes C e D, fruto do aumento do poder de consumo. Deste faturamento, os mais consumidos são itens relacionados à maquiagem. 

Estima-se um gasto médio do brasileiro de R$ 112 reais por mês apenas de cosméticos, dos mais variados tipos. As classes mais baixas são campeãs de consumo de itens sintéticos, enquanto as mais altas crescente busca por produtos que não causem danos à pele e tenham como base itens naturais. Itens como maquiagem natural e produtos para pele com composição em plantas andam ganhando o mercado cada vez mais, brigando por uma fatia do consumidor de cosméticos sintéticos ainda alta.

 

 

BOTA+ JEANS UM PAR PERFEITO

 

Hoje o post vai agradar a todos, pois falaremos de uma dupla super atemporal e que não sai de moda nunca! O match perfeito de calça jeans + botas. E não é que é verdade? Esse combo se encaixa em qualquer estilo, qualquer situação e independe do tempo estar calor ou frio. 

Por isso, prepare-se! Pois trouxemos inspirações e peças ótimas para você ter no seu armário já! Acompanha com gente!

Unhas postiças: opção rápida e prática para quem não tem tempo

 

Com grande variedade de cores, formatos e comprimentos, as unhas postiças são ótimas para emergências

 

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Quando alguém fala em unha postiça a primeira imagem que vem à sua mente é a de unhas com cara de fantasia? Cada vez mais este é um conceito que está ficando no passado. Com tamanhos e formatos que combinam com vários estilos e personalidades, as unhas postiças já se incorporam ao cotidiano com praticidade e aspecto natural.

“Eu uso porque, infelizmente, sou roedora compulsiva de unhas! Às vezes paro e deixo minhas unhas naturais crescerem por um tempo e fico feliz da vida! Mas, quando menos espero, lá estou eu roendo novamente. Como tenho sempre uma caixinha de unhas postiças em casa, coloco-as imediatamente, para não piorar a situação”, conta Débora Reis, do blog Beleza Comprada.

Além de ajudar a esconder unhas roídas ou quebradas, as postiças são ideais para quem deseja praticidade e rapidez, principalmente em situações de emergência. “Unhas postiças são muito rápidas e fáceis de aplicar, principalmente as autocolantes, que já vêm prontas pro uso, sem necessidade de cola extra. No caso das postiças já coloridas, você não perde tempo esmaltando e nem se preocupa se o esmalte irá descascar. Mesmo com as não coloridas, não há necessidade de se preocupar com o esmalte, pois ele ‘gruda’ na postiça e só sai realmente com acetona ou removedor”, destaca Débora.

Assim, ter uma embalagem do produto à mão pode ser um trunfo em situações em que você quer estar com as unhas feitas – para um casamento, formatura ou qualquer outro evento, por exemplo – mas não tem tempo de ir à manicure ou mesmo de fazer sozinha. Com a prática, é possível aplicar as postiças e resolver a questão até mesmo em poucos minutos antes de precisar sair de casa!

Como colocar unhas postiças

Foto: Reprodução / Macarons and Mischief

Foto: Reprodução / Macarons and Mischief

A maioria das unhas postiças vêm com a indicação do fabricante de como devem ser aplicadas constando na própria embalagem. É importante ler essas informações antes de aplicar, uma vez que ali estará especificado o tempo que você deve ficar sem colocar as mãos em contato com água após a aplicação, para a fixação da cola ou adesivo – em média, uma hora.

De modo geral, algumas técnicas simples ajudam na aplicação das unhas postiças. Confira como colocar as postiças dos principais tipos:

Autoadesivas

As unhas postiças com adesivo são modelos autocolantes que já vêm com a cola nas próprias unhas, sem a necessidade de aplicá-la separadamente.

Passo a passo:

 
  1. Procure na embalagem as unhas que tenham formato mais parecido com as suas unhas naturais e separe-as;
  2. Limpe as unhas naturais. Elas precisam estar lisas, limpas e sem esmalte;
  3. Retire a película de proteção da unha postiça e fixe na sua unha, pressionando para firmar bem;
  4. Após fixar todas as unhas, lixe-as como desejar.

Tutorial em vídeo:

Com cola

Os modelos de postiças que não são autocolantes precisam ser fixados com cola. Dependendo da marca, a cola já vem na embalagem com as unhas ou é comprada individualmente.

Passo a passo:

  1. Separe as unhas postiças com formato parecido com as suas unhas naturais;
  2. Limpe as unhas naturais, retirando o esmalte ou qualquer resíduo;
  3. Aplique a cola na unha natural, como se fosse um esmalte, sem deixar atingir a cutícula;
  4. Aplique a cola na parte interna da unha postiça;
  5. Fixe a postiça na unha, pressionando para deixá-la firme;
  6. Depois que as unhas estiverem firmes, lixe como achar melhor.

Tutorial em vídeo:

6 dicas para a sua unha postiça durar mais

  1. Não aplicar nas unhas esmaltadas: a cola fixa melhor nas unhas naturais sem esmalte, portanto, remova-o antes da aplicação das postiças.
  2. Polir a superfície das unhas: deixar as unhas lisinhas e sem resíduos facilita na aderência da cola ou do adesivo das postiças.
  3. Escolher o formato certo: acertar na escolha de um formato que se encaixe bem na sua unha natural faz com que a postiça fixe melhor.
  4. Encaixar a postiça rente à cutícula: evite colocar a postiça cobrindo a cutícula, colocando-a próxima, mas não por cima.
  5. Tenha sempre uma unha na bolsa: ter sempre uma postiça ou a cola para substituir ou recolocar uma unha é uma boa opção para estar preparada em caso de acidentes e não precisar tirar todas as unhas.
  6. Evite contato excessivo com água: a cola pode ir se desgastando no contato excessivo com água, por isso evitar atividades como lavar louça e lavar roupa pode fazer com que ela permaneça fixa por mais tempo.
 

Tire suas dúvidas: 10 perguntas e respostas

Resolva a seguir os principais assuntos que deixam as mulheres em dúvida ao pensar em apostar nas unhas postiças.

1. Quem pode usar unhas postiças? E quem não pode?

Foto: Reprodução / Fun Size Beauty

Foto: Reprodução / Fun Size Beauty

As unhas postiças são ótimas alternativas para quem quer esconder unhas roídas ou quebradas. Além disso, são boas opções para quem deseja unhas bonitas rapidamente, sem necessidade de ir ao salão, por exemplo. Com a grande variedade de modelos e cores de produtos, é possível encontrar o que você julgar mais apropriado de acordo com personalidade, estilo, gosto, formato da unha, etc.

Porém, antes de decidir usar, é fundamental estar com as unhas naturais saudáveis. “Pessoas com qualquer tipo de doença nas unhas, como fissuras, rachaduras, alergias, dermatites, ou percebendo qualquer mudança na cor natural, devem ficar longe das colas e das postiças! E nesse caso, precisa consultar um dermatologista para tratá-las, antes de qualquer coisa”, aconselha Débora.

Além de atentar-se à saúde das unhas, é preciso verificar a indicação de idade. “Vale lembrar que toda e qualquer unha postiça, assim como qualquer produto, deve seguir as recomendações do fabricante. Lá estará a idade indicada, pois o fabricante sabe o quão toxico o seu produto é e pra qual idade não fará mal”, completa Lisa Nascimento, manicure do Salão Prime.

2. Como remover?

Geralmente, as postiças vêm com a indicação do fabricante de como devem ser removidas e existem no mercado produtos pensados especialmente para removê-las. Além disso, segundo dica de Débora, “uma coisa que deve ser evitada é tentativa de retirar as unhas ‘na força’, arrancando bruscamente. Isso faz com que a unha natural se descame! O correto é deixar os dedos de molho em água quente e ir empurrando cuidadosamente a cola, abaixo das postiças, com a ajuda de uma espátula”.

3. Unhas postiças estragam as unhas naturais?

Embora existam produtos de alta qualidade, as postiças abafam as unhas naturais. Por isso, uso muito frequente de postiças pode acabar enfraquecendo as suas unhas. “Costumo dizer que tudo em excesso faz mal. Essas unhas são para eventualidades e por alguns períodos, portanto, usá-las durante muitos meses pode danificar as unhas naturais sim”, destaca Lisa.

4. Como cuidar das unhas naturais entre aplicações de postiças?

“Os cuidados com as unhas devem começar na alimentação, optando por refeições saudáveis e consumindo bastante água. Uma boa base fortalecedora no dia a dia ou antes do esmalte também ajuda muito. Também indico hidratar as cutículas com cremes específicos para a área”, ensina Lisa.

Entre uma aplicação e outra, é importante dar um tempo para as unhas naturais respirarem. “Eu sempre dou um tempo entre uma colocação e outra, e permaneço no máximo uma semana com as postiças. Depois que retiro, procuro deixar minhas unhas naturais respirando por alguns dias”, compartilha Débora.

5. Posso passar esmalte antes de aplicar?

Não. Para que a cola das postiças fixe bem nas suas unhas naturais, é fundamental que elas estejam sem nenhum esmalte. Porém, se a dúvida for usar o esmalte na própria postiça, pode esmaltar sem medo! Alguns modelos não possuem cores e são ideais para que você pinte com o esmalte que desejar.

6. Qual o tipo de cola ideal? Posso usar cola instantânea? Tem algum risco?

“O ideal é optar por uma cola que não gere alergia e que se adapte a sua unha. Existem diversos tipos e cada uma tem suas vantagens e desvantagens”, considera Lisa. O melhor a fazer, no caso de unhas que exigem a aplicação com cola não inclusa na embalagem, é observar as recomendações do fabricante e testar o produto indicado para se certificar de que não vai lhe causar alergias. E não use cola instantânea (Cola Super).

7. Do que são feitas as unhas postiças?

O mais comum, adotado por grande maioria das marcas, é que as unhas sejam feitas de plástico ABS.

8. Qual a unha mais fácil de colocar: com adesivo ou cola?

Por não requisitarem a ajuda de uma cola extra, as unhas postiças com adesivo são mais fáceis e rápidas de aplicar. “A autocolante é a mais prática e têm os formatos mais naturais (pelo menos pra mim). Elas são feitas de um material mais maleável e tem adesivo super resistente”, opina Débora.

9. Qual a diferença entre unha postiça de plástico e unha postiça de porcelana ou gel?

“A principal diferença está no material e na durabilidade que elas proporcionam. Enquanto as postiças são de curta duração e de uso esporádico, as unhas de gel e fibra de vidro são feitas para serem usadas por longos períodos, exigindo apenas manutenção e cuidados na sua conservação. Além disso, estas são feitas com materiais dermatologicamente aprovados para uso contínuo”, explica Lisa.

10. Como deixar as postiças com aspecto natural?

Se quiser garantir que as unhas postiças tenham um aspecto natural e pareçam realmente com as suas próprias unhas, basta selecionar com cuidado os formatos que melhor se encaixam nos seus dedos. Outra dica é lixar as postiças, deixando-as com comprimento e acabamento ideal.

<

p style=”text-align: justify;”> 

Como fazer caber mais roupa na mala – Dicas valiosas!

Viajar é uma delícia, mas fazer as malas pode ser bem chato, já que é uma tarefa que exige organização, uma habilidade que são poucas pessoas que têm. Geralmente, a maior dificuldade dessas pessoas é a quantidade de roupas que precisam levar. Para elas, pode ser bem difícil conseguir escolher algumas poucas peças para passar alguns dias fora de casa seja para uma viagem curta, de poucos dias, ou longa, de até meses. Se você tem que arrumar uma mala hoje e quer levar consigo muita roupa, confira algumas soluções: continue lendo e descubra como fazer caber mais roupa na mala.

A forma mais fácil de fazer caber mais roupa na mala é através do jeito de dobrar as roupas. Existem várias técnicas para dobrar roupa para ocupar menos espaço, entre elas:

 

  • Fazer rolinhos: essa é uma boa técnica para quem tem cuidado ao fazer cada rolinho. Ao enrolar as peças, você pode ir encaixando cada peça dentro da mala.
  • Deixar as peças super finas: outra técnica é deixando as peças super finas e ir colocando uma sobre a outra.
  • Colocar as peças por peso: as peças mais pesadas ficam no fundo, deixando sempre as pontas para fora da mala, assim que você finalizar com as peças mais leves, você coloca essas pontas por cima, fazendo uma espécie de embrulho.
  • Separar por saquinhos ou bolsas de organização de mala: essa é uma ótima técnica para quem gosta de ser super organizado, ao separar por saquinhos ou por essas bolsas, colocando suas peças dentro deles você só precisa organizá-los dentro da mala, o que facilita o processo pois diminui a quantidade itens.
  • Posicionar as roupas conforme os espaços da mala: se elas tiverem vãos (geralmente as de rodinhas tem um vão interno) você primeiro coloca roupas dobradas justamente para caber nesse local, assim você consegue disfarçar esse vão e criar um alinhamento na mala, evitando que as peças fiquem amassadas e fazendo caber mais roupa..

 

Dica: Uma super dica é separar cada look, já com meia, calcinha e sutiã (isso se ele for mole) e posicionar de forma central tudo sobre a camiseta ou parte superior do look. Aí é só ir enrolando. Coloque as meias no topo, no sentido parte fechada para dentro e uma de frente para outra. Ao final do enrolamento, você vai usar as aberturas das meias para encapar todo o rolo, o que vai fazer de cada look, um pacotinho compacto. Essa dica é de ouro, pois garante mais looks na mala como também alta organização.

 

Fonte: dwohoo.com

Como dobrar calça jeans para colocar na mala?

A calça jeans é um item indispensável no guarda-roupa de várias pessoas. Por isso é muito provável que em sua mala vai ter pelo menos uma calça jeans. O mundo da organização de arrumar malas tem vários soluções para dobrar calça jeans com grande eficiência.

 

Soluções para dobrar calça jeans

 

  1. Dobrar a calça jeans ao meio (uma perna sobre a outra), dobrar a perna superior ao meio e a fazer uma barra de 6 dedos na perna inferior que não for dobrada (essa barra vai servir de capa para toda a calça jeans). Ir enrolando da parte superior da calça até chegar nessa barra. Quando for enrolar, faça questão de ir fazendo bem apertadinho, ao final enfie a calça jeans bem enroladadentro do espaço da barra. Você vai terminar com uma calça jeans super compacta.
  2. Estender a calça jeans, dobrar o parte superior, onde ficam os botões, formando uma espécie de envelope. Dobrar cada perna ao meio, no sentido vertical. Depois vá enrolando das pontas da calça até o topo envelopado. Ao enrolar, garanta também que esteja bem apertado. Ao final coloque tudo dentro do envelope superior criado. Você também vai terminar com uma calça jeans super compacta.

Como colocar muita roupa em uma mala pequena?

Para colocar muita roupa você precisa primeiramente colocar roupas que não tenham muito peso, já que a mala geralmente não pode ultrapassar um peso máximo. Como essas peças serão leves, a melhor forma é fazendo através desacos a vácuo. Vá esticando cada peça dentro do saco, quanto atingir o limite, sugue o ar com o aspirador. Ao final, você terá várias lâminas de roupas. É importante que você as mantenha bem retas. Coloque tudo dentro da mala.

 

 

Como economizar espaço na mala de viagem?

É sempre bom viajar e economizar espaço na mala de viagem, já que é uma hábito comum trazer algumas comprinhas em uma viagem. Para garantir que a sua mala não vá praticamente sem nenhum espaço vazio, separamos algumas dicas importantes de organização de mala:

  • Separe as peças de roupa por dias, assim você já sabe quais são as roupas que vai precisar a cada dia da viagem.
  • Evite exageros, menos é mais. Infelizmente não é possível levar tudo, e alguma coisa pode sempre fazer falta mesmo, mas viajar com excessos deixa a viagem muito mais cansativa, nessa hora adote o minimalismo.
  • Coloque roupas íntimas e meias dentro dos sapatos, assim você deixa mais espaço livre. Além disso, sempre posicione os sapatos na parte inferior da mala (pensando nela em pé), por eles serem mais pesados.
  • Separe todos os itens de beleza e acessórios em saquinhos plásticos com zíper. Esses saquinhos não ocupam espaço e se adaptam a forma do seu conteúdo, o que pode ser a solução para encaixá-los em locais apertados.
  • Coloque todos os sutiãs uns dentro dos outros, isso garante que cabem mais coisas e que os sutiãs não ficam amassados.
  • Leve sempre itens de beleza em versão miniatura, para isso você pode ir colecionando produtos de hotéis ou ir na farmácia mais próxima. Se você quiser ser super organizado, já deixe essa necessaire pronta só esperando a próxima viagem.
  • Dê sempre preferência a tons de roupas mais escuros, com isso você tem menos tendência a aparentar sujeira e menor necessidade de troca, evitando ter que levar mais peças de roupa.

Unhas Amendoadas: O que é, Como Fazer? Veja o Passo a Passo!

As unhas são tão importantes, que já fazem parte do look feminino, seja no formato ou nas cores. As unhas amendoadas entraram nessa onda por serem mais fáceis de cuidar e naturais.

Unhas Amendoadas como fazer

O que as mulheres mais gostam é de estar na moda e o formato das unhas também ditam moda, como ocorreu com as unhas quadradas, unhas estiletto e agora as unhas arredondadas, mais conhecidas como unhas amendoadas. Quer saber mais sobre esse novo estilo? Então leia o artigo até o final.

Unhas amendoadas: O que é?

O nome já sugere o formato das unhas, estilo amêndoas, que são arredondadas, certo?

O estilo é realmente lindo, tem o formato pontudo mais arredondado deixando as mãos mais elegantes.

unhas amendoadas passo a passo

O mais interessante nesse estilo de unhas é que elas não quebram com tanta facilidade. Isso dito por quem já aderiu ao estilo. O que você acha de aprender a fazer as unhas amendoadas? Veja o passo a passo abaixo:


Passo a passo Para fazer Unhas Amendoadas

1º passo – com o lápis de sobrancelha faça um risco marcando o centro da unha, que vai da raiz até a ponta;

2º passo – Depois de riscada a unha comece a lixar as laterais na direção da marcação feita, use a lixa no sentido diagonal;

3º passo – Em seguida vá lixando a ponta da unha vagarosamente para dar o formato de amêndoa, ou seja, arredondado;

4º passo – Está feita a unha estilo amêndoa, ou seja, unha amendoada.

Unhas Amendoadas como fazer

Agora que você já sabe como fazer as unhas amendoadas é só escolher a nail arts e combinar com o seu estilo, pois você vai estar na moda.


Benefícios das Unhas Amendoadas: Manutenção

As unhas amendoadas são ótimas para quem deseja deixar as unhas crescerem, pois como não tem cantos as unhas não quebram, crescem fortes e bonitas.

unhas amendoadas como fazer

Mulheres que tem os dedos curtos e mais grossos podem se beneficiar com as unhas amendoadas, pois elas alongam os dedos. Esse é um modelo de unha que você pode fazer em casa, não precisa ir para o salão de beleza.

Com um pouco de treino você consegue fazer unhas lindas e perfeitas.

Cores e Fotos de Unhas Amendoadas

As unhas amendoadas possuem o design perfeito e qualquer cor de esmalte combina com elas, mas quem tem os dedos curtos e mais grossos pode optar por usar esmalte nude, tom pele para dar a impressão de dedos alongados.

Unhas Amendoadas como fazer

Mas se você não se importa com isso, pode usar todas as cores de esmalte que desejar, inclusive as que estão na moda nesse inverno. Tons pastel, cores nude, marrom, café, os vermelhos, enfim você escolhe as cores e a nail art para deixar as unhas ainda mais modernas e charmosas.

unhas amendoadas fotos

Lembre-se que os cuidados com as unhas são indispensáveis, principalmente se você costuma ir a manicure. Use instrumentos esterilizados ou leve os seus para evitar contágio. Use sempre creme hidratante, passe bem nas cutículas, pois no inverno as mãos costumam ressecar mais. Com as dicas acima você já sabe como cuidar das suas unhas e fazer o estilo amêndoas. Faça as suas e nos conte.

Vestidos incríveis para madrinhas

O casamento de alguém especial já é um evento maravilhoso, imagine então se você for chamada para ser madrinha? Significa que eles confiam na sua amizade, que você faz parte da história dos noivos e é uma das principais testemunhas da união.  Padrinhos são pessoas que sempre farão parte da vida do casal, dividindo os momentos de alegria e de dificuldade, compartilhando experiências, dando apoio e carinho. Geralmente são pessoas escolhidas pela participação na vida dos cônjuges até o momento e pela importância que a pessoa tem e terá pelos próximos anos.

 

Good-Quality-Satin-Pleated-Sleeveless-Tea-Length-Bridesmaid-Dress-with-Belt-BGD0065-06

 

Segundo a tradição, existem algumas funções atribuídas às madrinhas de casamento, como ajudar a planejar o casamento, organizar despedida de solteira e chá de panelas, auxiliar a noiva tanto em seu momento de preparação quanto na hora da cerimônia e da festa e cuidar do buquê. Mas isso depende do que foi combinado entre as partes envolvidas.

 

Se você recebeu o convite para ser madrinha, precisa caprichar no look e na elegância para não fazer feio no altar e mostrar que valoriza essa prova de amizade.

 

“Elegância, descrição e responsabilidade” será seu lema no grande dia. Lembre-se que você é um dos principais personagens desse evento e estará em evidência. Ajude no que puder, seja gentil e educada com todos os convidados, chegue cedo e aceite as sugestões de traje e outros pedidos da noiva.

Colabore com o fotógrafo e tenha paciência para as sessões de fotos que você terá que participar. Por falar em fotos, evite ser fotografada com copos ou comida nas mãos e ajude a noiva a estar em seu melhor, retocando sua maquiagem ou penteado.

 

 

Evite usar branco e preto. O branco geralmente é a cor da noiva e você não vai querer ofuscá-la. O preto, na antiguidade, era usado como cor de luto e não fazia parte dos momentos alegres como o casamento.  Nos casamentos modernos, isso pode não ser uma regra, mas vale uma conversa com a noiva para descobrir a cor ideal para usar.

 

Cores

 

O ideal é combinar o tom com a anfitriã, mas caso não haja nenhuma exigência, vale o que te faz sentir bem. Muita gente recomenda que se use cores claras para casamentos diurnos e vespertinos, deixando as cores escuras e vibrantes para a noite, mas você não precisa seguir essa regra. Se você gosta de seguir tendências, aposte na cor sandria, tons pastéis e terrosos.

 

Tecidos

Para o dia, seda fosca e tecidos fluídos, que estão super em alta em 2018. Para a noite, tafetá, organza, chiffon, shantung. Rendas e crepes podem ser usados em qualquer período do dia.

Cortes

 

O estilo lady like, que resgata o visual dos anos 50 é uma ótima pedida para as fashionistas, pois vem marcando presença em vários desfiles. Cintura marcada, saias midi e rodadas ficam bem em todo o tipo de corpo.

 

Nos casamentos atuais, o longo costuma ser usado à noite. Pela manhã e à tarde opte por comprimentos midi ou longuete.

 

Evite vestidos muito rodados, franzidos, com cauda ou bordados exagerados para não chamar mais atenção que a noiva. Transparências, decotes e fendas pedem bom senso. O xale é uma opção para os dias mais frios.

 

Não use calça, macacão, roupas muito curtas ou esportivas.

 

Uma ótima opção é escolher um modelo e tecido que te favorecem e mandar fazer em uma costureira de sua confiança, pois mais importante que um vestido bonito é um caimento legal.

 

Veja alguns modelos de vestido para se inspirar

 

Vai pra uma festa e quer saber como arrasar?

 Aqui você saberá as melhores dicas do momento!

Ao receber o convite pra uma festa a primeira coisa que pensamos é: com que roupa eu vou? O ideal é ter vestidos de festa neutros no seu guarda-roupa para que você possa combiná-las de diversas formas para usar em ocasiões diferentes. Cada tipo de festa exige um tipo de traje diferente, veja nossas dicas a seguir e escolha um look perfeito para seu evento e arrase!

Vestidos ideais

Ao receber o convite para uma festa, no próprio você já tirará algumas dicas de como deverá se vestir para essa determinada ocasião, tudo vai depender do tipo de festa, o que se está comemorando, o horário e local.

Casamentos, formaturas e bodas, como são festas mais formais, exigem trajes mais elegantes e uma maior produção na hora da beleza e dos acessórios. Formaturas e bodas costumam ser festas à noite, por isso o traje pode ser escuro com bordados, rendas e uma produção mais carregada de maquiagem e cabelo.

Os casamentos de dia tem ganhado o coração das noivas que tem optado por esse horário e dessa forma os trajes exigem algo mais leve e despojado.

Alguns cuidados devem ser tomados na hora da escolha do comprimento do vestido para que você não erre na etiqueta e se destaque mais do que os próprios donos do evento.

Quando usar vestido longo?

Os eventos mais formais, na maior parte deles, vão muito bem com vestidos longos, porque são extremamente elegantes, chiques e sofisticados.

Se você foi convidada para uma formatura, tome cuidado, deixe os vestidos longos apenas para as formandas, é o dia de elas brilharem e se destacar em meio aos convidados na festa.

Casamentos à noite, eventos sociais e bodas exigem trajes mais formais e por isso os vestidos longos são os ideais. Há milhares de modelos que ficam bonitos em qualquer formato de corpo.

Inspirações vestido longo

Os vestidos longos chamam muito atenção exatamente pelo seu comprimento, o ideal é você adquirir vestidos de cores neutras, para que você possa ousar nos acessórios como brincos, colares, pulseiras e anéis, ou também na bolsa de festa e um sapato bem elegante.

Os vestidos longos de cores neutras, sem muitos bordados, pedrarias e renda poderão ser usados mais vezes em outros eventos, diferentemente dos vestidos com muita estampa, cores fortes e detalhes, que ficam muito marcados.

Veja a seguir modelos de vestidos longos de cores neutras e muito elegantes para você ter como uma peça versátil no seu guarda-roupa que poderá ser usado em outras ocasiões também, mas com acessórios diferentes que vão fazer toda a diferença no look ao final.

Quando usar vestido curto?

Os vestidos curtos são mais fáceis de serem encontrados em mais modelos, o que dá a facilidade na hora de procurar e comprar.

O vestido curto é ideal para eventos não tão formais como aniversários, eventos corporativos, casamentos de dia, coquetéis, formaturas (se você não for a formanda) e etc.

Se no convite do evento está especificado “traje passeio completo” não é obrigatório o uso de vestido longo, ou seja, você poderá ousar e mostrar as pernas em um lindo e elegante vestido curto.

Inspirações vestido curto

Os vestidos curtos por chamarem menos atenção que os longos poderão conter mais detalhes. Se você gosta de rendas e bordados, poderá optar por um modelo assim, mas sem exageros, para que não fique um look muito marcado, senão ficará difícil usar o vestido em um outro evento.

Assim como os longos, a melhor forma de aproveitar é escolher também tons neutros e apostar em um belo penteado com uma maquiagem de arrasar! Ou também ousar nos sapatos ou sandália que estarão bem à mostra com o vestido curto. Brincos e outros acessórios também são imprescindíveis para harmonizar o look como um todo.

Veja nas nossas dicas e inspirações aqui como combinar os vestidos curtos de tons neutros com sapatos e sandálias que farão toda a diferença.

Vestidos de festa infantil

As crianças também não ficam de fora do mundo da moda, há milhares de modelos, um mais fofo que o outro. As meninas ficam verdadeiras princesas com vestidos de festa infantil.

Se a criança precisar se vestir para um evento formal, como para ser daminha de honra, o ideal é você se informar com a noiva qual a cor de preferência dela para o vestido da daminha, para que orne com a decoração e cores da festa de casamento e não destoe.

Em aniversários infantis é ideal que a mãe escolha um vestido confortável para a aniversariante, que irá brincar durante todo o tempo e que também combine com o tema da festinha de aniversário.

Inspirações vestido curto

Os vestidos curtos por chamarem menos atenção que os longos poderão conter mais detalhes. Se você gosta de rendas e bordados, poderá optar por um modelo assim, mas sem exageros, para que não fique um look muito marcado, senão ficará difícil usar o vestido em um outro evento.

Assim como os longos, a melhor forma de aproveitar é escolher também tons neutros e apostar em um belo penteado com uma maquiagem de arrasar! Ou também ousar nos sapatos ou sandália que estarão bem à mostra com o vestido curto. Brincos e outros acessórios também são imprescindíveis para harmonizar o look como um todo.

Veja nas nossas dicas e inspirações aqui como combinar os vestidos curtos de tons neutros com sapatos e sandálias que farão toda a diferença.

Vestidos de festa infantil

As crianças também não ficam de fora do mundo da moda, há milhares de modelos, um mais fofo que o outro. As meninas ficam verdadeiras princesas com vestidos de festa infantil.

Se a criança precisar se vestir para um evento formal, como para ser daminha de honra, o ideal é você se informar com a noiva qual a cor de preferência dela para o vestido da daminha, para que orne com a decoração e cores da festa de casamento e não destoe.

Em aniversários infantis é ideal que a mãe escolha um vestido confortável para a aniversariante, que irá brincar durante todo o tempo e que também combine com o tema da festinha de aniversário.

Veja aqui inspirações de vestidos infantis lindos!

O sutiã ideal para cada ocasião

Sutiãs são peças fundamentais na vida das mulheres e muitas não abrem mão da peça nem para dormir. Além de oferecerem segurança e postura aos seios, eles são sinônimo de sensualidade e romantismo em ocasiões especiais. Mas além da beleza, o sutiã deve ser confortável. De nada adianta comprar aquela peça cara e maravilhosa se ela começar a incomodar de diversas formas. No mercado de lingeries, há os mais diversos tipos e modelos. Mas como saber qual a peça é mais adequada para seu corpo quando falamos de beleza e conforto? Saiba que é possível aliar os dois conceitos e encontrar a peça perfeita. Separamos algumas dicas de como escolher seu sutiã com bom gosto e qualidade:

Principais modelos de sutiã

Resultado de imagem para O sutiã ideal para cada ocasião

Modelo básico: Esse é o modelo mais conhecido entre as mulheres de todas as idades. Para o dia a dia, ele cumpre a função básica da peça e você pode comprar modelos que oferecem a opção de retirar ou colocar as alças, comprando um produto que vale por dois.

Modelo nadador: Esse modelo traz muito conforto às mulheres, pois é o mais indicado para o auxílio da postura. Além disso, ele oferece mais liberdade  de movimento. Mas  apenas blusas de manga cobrem a peça toda, fique ligada se não quer que a peça fique à vista.

Modelo tomara que caia: Uma carta na manga para quem não quer deixar de usar sutiã e vestirá uma peça na qual as alças não podem aparecer. Toda mulher deveria ter esse modelo em seu guarda-roupa, ele é um trunfo. O ideal é escolher o tamanho certo, não comprando tamanhos maiores que podem cair te deixando totalmente desconfortável.


Modelo Strappy:
 Sensação do momento, o modelo Strappy é aquele com tiras e alças que ficam visíveis. Para quem deseja criar um look descolado e moderno, essa peça é ideal. Ainda dá para comprar o modelo em renda e em cropped e usá-lo com camisetas, regatas ou até mesmo apenas o Strappy. Use a sua imaginação para montar o visual perfeito.

Modelo Push up: Esse modelo possui aro, bojo e fechamento frontal, ideal para quem deseja aumentar o volume dos seios e quer praticidade. O bojo também modela e valoriza seios pequenos.

Visual também é importante!

Conforto é essencial, mas porque não aliá-lo à beleza? Apesar dos modelos de cores bege, preto e branco serem os mais comuns e mais utilizados no dia a dia, você pode investir em peças coloridas e estampadas para dar um up nas suas lingeries. Cada cor traz um significado. Tenha em mente a impressão que você deseja passar e não economize em seu poder.