Arquivo do autor:Carla Baldwin

Sobre Carla Baldwin

Carla Baldwin é Analista de Marketing, faz publicações dos mais variados assuntos em sites de renome, visando sempre as últimas tendências, da moda, estilo de vida, viagens, culinária, indústria têxtil, beleza, saúde, lugares especiais, móveis, decoração, casa e jardim, e tudo que estiver em voga.

Criança de óculos escuros? Descubra como escolher o par ideal (e mais estiloso!) para o seu filho

Crianças precisam de óculos de sol, sim!

Tão importante quanto proteger a pele da radiação, é proteger os olhos. Vem saber como:

'Não tire esses óculos, use e abuse dos óculos..." (Foto: Thinkstock)

O protetor solar  volta a ser assunto constante (que na verdade é necessário o ano todo!) para proteger a pele das crianças… Mas e os olhos? Você sabia que a exposição aos raios ultravioleta tem o mesmo efeito cumulativo nos olhos que na pele?

Resultado de imagem para Criança de óculos escuros? Vogue te ajuda a escolher o par ideal (e mais estiloso!) para o seu filho

“O sol, de forma crônica, causa alterações na retina, que podem evoluir para uma degeneração macular senil”, explica a oftalmologista Daniella Fairbanks, do Hospital e Maternidade São Luiz (SP). Isso quer dizer que, a longo prazo, pode haver uma perda da visão central: a pessoa passa a ver uma mancha preta no centro de seu campo de visão. Em casos extremos, a exposição excessiva da córnea a raios UV também pode provocar ceratite, que é uma espécie de inflamação na superfície da córnea. O resultado? Aquela sensação de “areia nos olhos”, além de dor, vermelhidão e lacrimejamento. Felizmente, esses efeitos são passageiros.

 

Luz dos olhos
Resultado de imagem para Criança de óculos escuros? Vogue te ajuda a escolher o par ideal (e mais estiloso!) para o seu filho

Os olhos das crianças têm a mesma sensibilidade à luz que os olhos dos adultos. No entanto, até por volta dos 7 anos de idade, ainda não há um desenvolvimento pleno da visão do ponto de vista neurológico. “Os olhos aprendem a enxergar de acordo com os estímulos dados a eles”, explica Daniella. Se uma criança que nasceu sem problemas passar a vida em um quarto escuro até essa idade, ela não vai conseguir enxergar, porque seus olhos não foram treinados para isso.

Resultado de imagem para Criança de óculos escuros? Vogue te ajuda a escolher o par ideal (e mais estiloso!) para o seu filho

Justamente por esse motivo, o uso de óculos escuros por crianças muito pequenas ainda é uma questão bastante controversa para os especialistas. “Como a criança não nasce com a visão desenvolvida, o uso dos óculos escuros antes dos 3 anos de idade pode causar alterações neste desenvolvimento, principalmente com relação às cores (diferenciação de tons) e à luminosidade”, argumenta o oftalmologista Eric Pinheiro, do Hospital Santa Catarina (SP). Porém, alguns médicos liberam o uso a partir dos 6 meses de idade. Na dúvida, sempre vale conversar com o oftalmologista do seu filho: é recomendado levar seu bebê para a primeira consulta entre 6 e 8 meses.

 

Desconstruindo mitos
Resultado de imagem para Criança de óculos escuros? Vogue te ajuda a escolher o par ideal (e mais estiloso!) para o seu filho

A fotofobia, como é chamada a sensibilidade à luz, não tem nada a ver com a cor da íris — há um mito popular de que os olhos mais claros sentem mais incômodo em ambientes muito claros. Em outras palavras, não é pelo fato de o seu bebê não ter olhos azuis ou verdes que ele sente menos incômodo por causa da luz. A tolerância à luminosidade é algo bem variável de pessoa para pessoa.

 

Outra falácia é que óculos com lentes mais escuras protegem mais do sol. Não é verdade. O que conta é o fator de proteção contra os raios ultravioleta – os oftalmologistas possuem um aparelho que pode checar quanto os óculos efetivamente protegem. Além disso, como é a presença de luz que estimula o desenvolvimento da visão, não é indicado escolher lentes muito escuras para as crianças.

 

Como escolher os óculos para a criança
Resultado de imagem para Criança de óculos escuros? Vogue te ajuda a escolher o par ideal (e mais estiloso!) para o seu filho

Compre em um lugar de confiança  Nada de camelódromos. Óculos de má qualidade podem distorcer as imagens e a luminosidade, prejudicando o desenvolvimento da visão.

Proteção UVA e UVB Por serem dois comprimentos de onda diferentes, cada um deles é absorvido de uma maneira. Por isso, é preciso verificar se os óculos protegem contra ambos os tipos.

Priorize o estilo e o conforto Considere que tipo se encaixa melhor no rosto e no gosto da criança e preste atenção se o acessório não vai se tornar um incômodo – não vai apertar, nem cair da cabeça, nem pensar no nariz… Hoje há boas opções no mercado, com pezinhos de silicone ou até um elástico no lugar da perna.

CHECKLIST PARA CAMPING: TUDO QUE VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LEVAR

Imagem relacionada

Para os “marinheiros de primeira viagem”, a emoção e a felicidade são as primeiras sensações que vêm à mente quando decidem acampar. Sem dúvida, o contato com a natureza, a sensação de aventura e a integração com os outros campistas tornam essa experiência inesquecível.

Contudo, o primeiro passo para evitar uma furada é planejar com cuidado o que levar. Afinal, ninguém quer se ver em uma situação difícil, sem recursos e longe da civilização, não é mesmo?

Por isso, antes de mais nada é necessário saber mais sobre o local do camping: qual é a infraestrutura oferecida? Como funciona a área do acampamento? Esses detalhes podem ajudar muito na hora de preparar o checklist para o passeio.

Outros fatores que influenciam a lista do que levar são o clima, a duração da aventura e a necessidade pessoal de conforto e praticidade. Algumas pessoas decidem levar apenas o básico e experimentar, ainda que por apenas alguns dias, o estilo rústico e natural, enquanto outras preferem aproveitar o melhor do camping com todo o conforto da vida moderna.

Com tudo isso em mente, é hora de preparar a lista e arrumar a mochila para acampar! Confira neste artigo um checklist para camping completo, que você pode usar de base para fazer sua própria lista. Acompanhe:

Itens pessoais de camping

Quando vamos acampar, é importante pensar em tudo de que podemos precisar — mas sem exagerar. De fato, não é uma tarefa tão simples. Então, antes de colocar o pé na estrada e montar a barraca, vamos começar “pensando juntos” nos itens de uso pessoal:

Para se instalar

Começando nosso checklist para camping com o óbvio, pois há sempre um detalhe ou outro que pode ser esquecido:

  • uma barraca adequada para o número de pessoas que acamparão;
  • forro ou isolante térmico para estender embaixo da barraca e protegê-la contra a umidade;
  • toldo para esticar acima da barraca e oferecer proteção contra o sol e a chuva;
  • colchão inflável e bomba de ar;
  • saco de dormir, para aquecer nas noites mais frias;
  • travesseiros ou almofadas, para dormir ou sentar no chão;
  • cobertores, indispensáveis para proteger do frio em lugares abertos;
  • jornais velhos, que têm mil e uma utilidades (desde proteger contra a umidade do solo até ajudar a acender uma fogueira).

Para caminhada

As roupas a serem usadas e os acessórios necessários são de extrema importância, e devem ser confortáveis, acima de tudo. Na hora de fazer as malas, mantenha o checklist para camping por perto para consultar e revisar sempre que necessário:

  • um bom par de tênis, que deve ser leve, resistente e apropriado para caminhadas ou trekking;
  • botas impermeáveis;
  • um par de chinelos;
  • roupas íntimas;
  • meias grossas;
  • roupas leves no verão e primavera:
    • bermudas;
    • camisetas;
    • regatas;
    • shorts;
  • roupas de frio para o inverno e outono:
    • calças compridas;
    • segunda pele;
    • camisetas de manga comprida;
    • casacos e jaquetas;
    • luvas;
    • gorros;
    • cachecóis;
  • pijamas ou roupas confortáveis para dormir;
  • roupas de banho (biquíni, maiô, sunga) para tomar banho e para nadar;
  • bonés, chapéus e óculos de sol para proteger contra a luminosidade durante o dia;
  • capa de chuva;
  • bastão de caminhada, que ajuda a manter o equilíbrio nas subidas e descidas e alivia a pressão nos joelhos;

Para cuidados pessoais

Não importa por quantos dias você pretende acampar ou para onde você vai: remédios, materiais de higiene pessoal e itens de primeiros socorros são indispensáveis para se manter saudável e seguro.

Afinal, prevenir é o melhor remédio, e ninguém quer que a diversão termine antes do planejado por conta de um imprevisto, não é? Por isso, não se esqueça de colocar na mochila:

  • kit de primeiros socorros, contendo:
    • luvas descartáveis;
    • gaze de tamanhos variados;
    • ataduras;
    • tesoura sem ponta;
    • termômetro;
    • curativos em diversos tamanhos e formatos;
    • esparadrapo;
    • fita micropore;
    • manta térmica;
    • pinça;
    • cotonetes;
    • soro fisiológico;
    • antisséptico;
    • medicamentos de uso livre (é importante ter cautela na hora de se automedicar ou oferecer remédios para outras pessoas. O ideal é procurar orientação médica sobre quais medicamentos podem ser utilizados nessas condições):
      • antitérmico;
      • antialérgico;
      • anti-inflamatório;
      • antiácido;
      • relaxante muscular.
    • remédios de uso pessoal e regular;
  • itens de higiene pessoal:
    • shampoo;
    • condicionador;
    • sabonete;
    • desodorante;
    • papel higiênico;
    • lâmina de barbear;
    • lenços umedecidos (ajudam na higienização das mãos e do corpo);
    • absorventes;
    • protetor solar (com FPS adequado para o seu tipo de pele, que deverá ser reaplicado a cada 2 horas);
    • repelente contra insetos (que também deve ser reaplicado periodicamente);
    • escova de dente;
    • pasta de dentes;
    • fio dental;
  • toalha de banho;
  • toalha de rosto;
  • fralda de pano ou toalha macia.

Itens comunitários

Essa parte da lista pode ser dividida com seu grupo — até para que a bagagem de cada um não extrapole os limites do bom-senso. São itens necessários e importantes, que podem fazer a diferença para o conforto e a tranquilidade dos acampantes:

Para cozinhar

Todos têm que comer, não é mesmo? Pois saiba que, em um acampamento, essa tarefa rotineira pode não ser tão simples assim. Mas não se preocupe: existem utensílios que podem facilitar o trabalho, além de dicas e truques que você deve seguir.

Nesse sentido, é importante incluir no checklist para camping apetrechos e produtos para limpar o local, já que cozinhar na natureza demanda atenção extra com a higiene. Assim, não se esqueça de levar:

  • fogareiro e botijão de gás (itens vendidos em lojas especializadas em acampamentos, não se preocupe);
  • utensílios de cozinha (sem exageros):
    • garfos;
    • facas;
    • colheres;
    • panelas ou frigideiras (de preferência de teflon, que impedem o alimento de grudar e são mais fáceis de limpar);
    • espetos ou grelhas;
    • talheres para cozinhar;
    • copos;
  • isqueiro e caixa de fósforos (é bom levar os dois, para ter opções diferentes);
  • apetrechos de cozinha:
    • abridor de latas
    • abridor de garrafas;
    • saca-rolhas;
    • coador de café;
  • garrafas para levar água durante os passeios;
  • bolsa térmica;
  • mesa e cadeiras ou bancos para camping;
  • acessórios para limpeza:
    • sacos de lixo;
    • esponja e sabão para louças;
    • pano de pratos.

Para comer

Alimentar-se também bem pode ser um desafio em viagens de camping. Com poucos recursos e inúmeras restrições, é preciso ter criatividade e bom senso para definir o que levar. Alimentos perecíveis, por exemplo, podem causar intoxicação alimentar e atrapalhar a aventura.

Para sua segurança, dê preferência aos alimentos abaixo:

  • água;
  • frutas diversas:
    • maçã;
    • banana;
    • uva;
    • abacaxi;
    • abacate;
    • ameixa;
    • pera;
    • limão;
  • legumes que podem ser consumidos sem cozinhar:
    • cenoura;
    • pepino;
    • beterraba;
  • alimentos liofilizados, que não precisam de refrigeração e se conservam por mais tempo;
  • alimentos semiprontos:
    • sopas;
    • macarrão instantâneo;
    • empanados;
    • arroz de saquinho;
    • misturas para purês;
    • café instantâneo;
    • leite em pó;
  • alimentos prontos e enlatados:
    • feijão em lata;
    • grão-de-bico;
    • lentilhas;
    • milho;
    • ervilha;
    • palmito;
    • azeitona;
    • alho picado com sal;
  • temperos prontos;
  • alimentos prontos:
    • biscoitos doces e salgados;
    • torradas;
    • pães;
    • queijo parmesão de saquinho;
    • barrinhas de cereais;
    • oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas);
    • chocolate (em pequenas porções);
    • frutas secas e desidratadas;
    • granola (doce ou salgada);
    • alguns tipos de embutidos.

Para qualquer situação

Por fim, vamos indicar alguns outros utensílios que não podem faltar, de forma alguma, no seu checklist para camping. Eles servem para as mais diversas situações, como te ajudar a montar o camping, a cortar algum alimento, entre outros. São eles:

  • lanterna ou lampião com pilhas novas;
  • extensão elétrica com bocal para lâmpada, para iluminar o local do camping à noite;
  • câmera fotográfica, para registrar a aventura;
  • canivete;
  • bússola, para se orientar nas caminhadas e na hora de montar a barraca;
  • GPS, para orientar o caminho e se localizar;
  • cordas ou cabos de sisal, para diversos usos;
  • prendedor de roupas;
  • sacos para roupas sujas e molhadas;
  • sacos de lixo para sobras de comidas e outros descartes;
  • fita adesiva;
  • tesoura;
  • panos de limpeza;
  • carregadores de pilhas e bateria;
  • celular, para uso em emergências.

Enfim, são muitos detalhes que não podem ser esquecidos para passar um final de semana ou vários dias em contato com a natureza. Mas, com ajuda desse checklist para camping tudo ficará mais fácil, prazeroso e livre de estresse.

 

Estampa de oncinha: como aderir à tendência que nunca sai de moda

Seja em calçados, acessórios ou peças de roupa, apostar em animal print empodera qualquer visual; confira dez referências para se inspirar.

Veja também: Pode usar vestido de oncinha em casamento? – Pergunta da SemanaSe há uma tendência que nunca sai de moda, é a estampa de oncinha. Ela apareceu pela primeira vez nos anos 1940, em peças de Christian Dior, e, de lá para cá, embelezou visuais de milhões de mulheres pelo mundo. Em 2019, quase oito décadas depois, continua com tudo.

Pensando nisso, separamos looks compostos por peças em animal print para você se inspirar e aderir.Saia de oncinha midi combinada com camiseta e tênis para um visual moderno e despojado, se quiser mais discrição, que tal apostar em uma bolsa com a estampa?Os sapatos de oncinha dão um up em looks mais básicos, combinados com calças jeans, são um espetáculo.

Mas dá para conquistar um visual mais neutro usando a tendência. Nesta foto, por exemplo, uma combinação clássica: estampa com preto

Mas dá para conquistar um visual mais neutro usando a tendência. Nesta foto, por exemplo, uma combinação clássica: estampa com preto.

Sapatos de oncinha dão um up em looks mais básicos

Sempre na moda, as estampas de onça, vão desde looks clássicos, básicos, casuais, modernos e mais ousados. Combine, com tons neutros, brancos e pretos, não tenha medo de errar.

CONHEÇA O MÉTODO KONMARI DE ORGANIZAÇÃO


Desapego, categorização e economia: estes são apenas alguns dos ensinamentos do método KonMari, desenvolvido pela japonesa Marie Kondo, no seu livro A mágica da arrumação – que já vendeu mais de 2 milhões de cópias ao redor do mundo. Mas o que a técnica tem de especial? Segundo a organizer, se você o pratica do jeito certo, consegue superar a bagunça doméstica de uma única vez.

O método de ter uma casa clean, com espaços limpos está relacionado com o estilo de vida minimalista, onde você abre mão do que realmente não precisa e mantém apenas os itens que lhe despertam alegria e façam sentido na sua rotina. Você precisa pegar o objeto e se perguntar “Isso me traz felicidade?”, se a resposta for negativa, desapegue! Isso ajuda a criar novos espaços dentro do ambiente e facilita a organização.

Esse método de organização exige que você passe por todos os seus pertences e faça a reflexão que citamos. E, segundo Marie Kondo, você precisa prestar atenção nessa hora e separar os objetos por categorias. Conforme explica a expert, existem cinco classificações: roupas, diversos – que incluem itens de cozinha, banheiro, brinquedos das crianças, etc -, livros, papéis e objetos sentimentais. Só depois de classificar todos os objetos, você deve se preocupar com a organização dos cômodos – com tudo separado e classificado, fica mais fácil distribuir nos espaços da casa.

Quando se tratam das roupas, o KonMari propõe que você dobre-as com as mãos, no intuito de se “comunicar” com cada peça e entender o valor que ela tem pra você – assim, você é capaz de julgar a necessidade de mantê-la na sua vida. Além disso, você deve dobrá-las em formatos de retângulos e de forma dupla (quase como um rolinho). A ideia é que as peças fiquem na posição vertical e mais visíveis, facilitando a hora de escolher o que vestir, sem esquecer do que você tem no armário.

Já quando o assunto é objetos, a organizer sugere que você não utilize caixas ou itens empilháveis, isso pode ajudar na volta do acúmulo de coisas. O ideal, assim como com as roupas, é deixar tudo bem visível para que você tenha ideia do que tem dentro de casa. Além disso, o hábito de “empilhar” não é uma boa ideia, principalmente quando você precisa pegar algum objeto que está na base da pilha.

Outra dica é: mantenha o silêncio durante a arrumação. Isso ajuda você a se concentrar e a criar uma conexão consigo mesmo e com o lugar em que você vive. Se você não gosta da ideia, escolha músicas mais tranquilas para ouvir durante a prática.

Pronto para colocar o método em prática e organizar sua casa? Não esqueça que os móveis planejados são aliados nessa hora: com toda a funcionalidade que oferecem, ajudam você a colocar os objetos e a casa em ordem com mais facilidade.

fonte: italinea

O novo jeito inusitado de usar lenço

Amarrar o lenço no cabelo não é novidade, mas você provavelmente ainda não usou o item para “embalar” o coque, como a Burberry está propondo

Burberry (Foto: Reprodução)

Item que provavelmente você tem no guarda-roupa, o lenço é uma peça supersátil, permitindo diferentes formas de styling: pode ser usado no pescoço ou amarrado num acessório, como numa bolsa, ou em uma peça de roupa. Eis que a Burberry mostrou um jeito inusitado de usar a peça. Amarrá-la no cabelo não é uma novidade, mas prendê-la por cima do coque é uma maneira nova de usá-la para dar charme instantâneo ao visual. 

A grife britânica lançou lenços que já vêm com um elástico embutido (ainda não disponívei no Brasil) para faciliar a colocação no coque, mas, claro, também é possível fazer a amarração com a versão quadrada – opção que já está disponível por aqui com a estampa do novo monograma da Burberry. Wish list! 

Burberry (Foto: Reprodução)

Burberry (Foto: Reprodução)

Burberry (Foto: Reprodução)

Lenço de seda Burberry (Foto: Divulgação)

Burberry (Foto: Reprodução )

Saia mullet: o modelo volta firme entre as tendências da moda noiva para 2020

Lembra dela? Pois então: o modelo voltou com força total

Monique Lhuilier (Foto: Divulgação)

Asaia mullet é uma daquelas tendências polarizantes que volta e meia ressurgem na moda. Na moda noiva, ela ganhou status de hit da cultura pop graças à top model Stephanie Seymour subindo ao altar com Axl Rose no videoclipe de November Rain, do Guns n’ Roses.

Mas se no auge dos anos 90 a saia mullet era sinônimo de uma noiva ultrasexy – graças também à bainha frontal bem curta -, para 2020 o modelo ganha ares mais comportados, mas não menos sensuais.

Marcas como Monique Lhuilier, Oscar de La Renta e Danielle Frenkel, entre outras, firmaram o vestido de saia assimétrica como uma das tendências mais fortes da última semana de moda bridal. O segredo para atualizar o look? Uma beleza bem fresh e clean.

Alon Livne (Foto: Divulgação)

Danielle Frenkel (Foto: Divulgação)

Eisen Stein Bridal (Foto: Divulgação)

Oscar de la Renta (Foto: Divulgação)

5 penteados para noivas minimalistas

5 penteados para noivas minimalistas

Se você vai se casar e tem um estilo mais clean, sem muitos detalhes, mas com presença e elegância, o penteado minimalista vai combinar perfeitamente com o seu visual. Veja cinco versões de looks exibidos pelas famosas e inspire-se para subir ao altar.

Diane Kruger

O coque baixo em formato de leque é extremamente sofisticado. O penteado da atriz foi equilibrado pelo topo liso e sem volume.

penteado-noiva-minimalista-04

Rihanna

Graças à risca lateral, o rabo de cavalo baixo ganhou um ar diferente. O acabamento do penteado valoriza quem tem franja longa.

penteado-noiva-minimalista-05

Beyoncé

A cantora ficou incrível com o rabo de cavalo extremamente liso. Já que o penteado deixa o rosto completamente em evidência, vale caprichar na maquiagem.
penteado-noiva-minimalista-01

Behati Prinsloo

O coque em versão torcida é uma opção para a noiva que faz questão de usar o cabelo preso, mas não quer um penteado tão tradicional.

penteado-noiva-minimalista-02

Juliana Paes

A dupla risca central e coque baixo combina perfeitamente com penteado de noiva. Se escolher esse cabelo, abuse do spray fixador para ficar tudo no lugar.

penteado-noiva-minimalista-03

Sauer e Cris Barros lançam coleção cápsula de joias

Nômades inveteradas e colecionadoras de referências pelos lugares que visitam, a estilista Cris Barros e a designer Stephanie Wenk alimentavam há algum tempo o desejo de criar uma coleção de joias a quatro mãos. O nascimento quase concomitante de seus respectivos filhos, Gaia e Félix, acabou unindo as amigas para colocar o plano em prática.

Assim nasceu também a coleção da joalheria SAUER em parceria com CRIS BARROS. Em trocas de referências sobre joias conquistadas ao longo de viagens a lugares ricos em história e savoir-faire ancestral, as designers descobriram a mesma paixão por peças-símbolo de memórias afetivas.

“Nesse processo, acabamos nos dando conta de que boa parte dos objetos e das joias que trazíamos das nossas viagens carregava alguma assinatura do que cada cultura pensa sobre o que é o feminino, sobre o que há de mais sagrado.” – conta Stephanie. As 15 linhas, que englobam cerca de 30 peças, foram batizadas com nomes de amigas em comum das designers.

“Porque cada uma delas, de certa forma, também deixam suas pegadas na construção do que é feminino nos nossos respectivos trabalhos. Foi uma forma de homenagear essa rede de mulheres que se apoiam, nos respaldam em todos os momentos da nossa vida e que são tão curiosas pelo mundo quanto nós.” – diz Cris.

Da viagem criativa surgem as nozes, símbolos celtas e nórdicos da fertilidade e da imortalidade, em madeira e diamantes nas formas de brincos, pulseira e colares, além do colar que representa a Árvore da Vida do deus Thor, com banho de ouro sobre a madeira. Um anel em opala rosa, pedra da lua e diamante representa as cúpulas arredondadas de edifícios como o Taj Mahal, na Índia, e a Catedral de São Basílio, em Moscou.

O lápis-lázuli, adorado por egípcios e assírios, vem lapidado de forma espiralada em bolas que parecem flutuar nos brincos e em um anel – assim como o raríssimo crisoprásio, gema em tonalidade jade que arremata um pantone fascinante ao se combinar com a opala rosa. Um colar de madeira, rubi, diamante e ouro amarelo 18k em formato de concha traz um compartimento secreto, à moda das joias do Renascimento italiano que transportavam perfumes, relíquias e até venenos.

”Criamos também algumas peças o rosto da lua esculpido em osso, simbolizando os ritmos biológicos e as fases da vida. A lua é passiva e receptiva, símbolo de feminilidade e fecundidade.” – entrega Cris.

“Também escolhemos o cisne e a onça para representar a mulher. O cisne veio do mito grego de Leda, que disserta sobre a relação nem sempre pacífica, mas irresistível, entre o feminino e o masculino. Enquanto a onça é simboliza a mulher brasileira, forte, bela, intensa.” – conta Stephanie.

A coleção colaborativa por SAUER e CRIS BARROS chega às lojas e ao e-commerce da SAUER dia 04 de junho.

SOBRE A SAUER

Com 78 anos de história, a SAUER, uma das joalherias mais emblemáticas do país, é internacionalmente reconhecida por sua preciosa seleção de gemas e seu design inconfundível. Suas coleções estão presentes em lojas próprias e com algumas peças selecionadas no e-commerce sauer1941.com

@amsterdamsauer

Contato: Ana Letícia Pedras

Telefone: 21 9 97352300

Contato para vendas: 21 9 72916825

SOBRE A CRIS BARROS

Com mais de quinze anos de história, CRIS BARROS criou uma identidade marcante, feminina e atemporal. Além das oito lojas próprias – três em São Paulo, duas no Rio de Janeiro, uma em Curitiba, uma em Brasília e uma em Porto Alegre – a marca pode ser encontrada com exclusividade online em seu e-commerce próprio, e nas principais multimarcas do país.

www.crisbarros.com.br

A leveza dos tons claros no inverno 2019 da LITT

O Inverno é conhecido pelas produções em cores escuras como preto e vinho, mas a LITT propõe surpreender na estação mais fria do ano com a coleção Preppy, com peças em tons claros e pastel.

Fiel à cidade do Rio de Janeiro e seu inverno ameno, os looks misturam itens mais fluídos com malhas e jaquetas. Os vestidos aparecem em diferentes estilos: com mangas compridas, rendados ou estampados, eles são perfeitos para compor uma produção inusitada e cheia de sobreposições. A paleta de cores vai do azul claro, passando pelo nude, com uma pitada de rosa, chegando até o lilás.

As peças estão disponíveis na loja física da marca.